• 962091912
  • geral@limitesinvisiveis.pt

Um Salto à Mata

Motivado pelo número de evidências que têm surgido em torno dos benefícios da implementação de modelos que conciliam o tempo na escola com tempo em contacto com a natureza, o desenvolvimento curricular em ambiente natureza tem recebido uma crescente atenção por parte da comunidade política, educativa e científica, especialmente nos países da Escandinávia.

 

O Programa Salto à Mata (SM), desenvolvido em parceria pelos Projetos Limites Invisíveis,  All in Scratch e Projeto Tampolim E6G, inspira-se no modelo dinamarquês “udeskol”. Trata-se de um programa para crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico, com duração anual. O SM desenvolve-se um dia por semana, em horário de componente letiva; complementado com uma sessão semanal de programação em Scratch.

As ações são planificadas em articulação com as equipas das escolas participantes e adotam uma abordagem pedagógica centrada no/a aluno/a, através do apoio à sua iniciativa e exploração autónoma. Por meio da integração curricular, este modelo concilia os benefícios do ensino regular e os benefícios da utilização das TIC no processo de aprendizagem, especialmente, com os benefícios ao nível social, da saúde e do bem-estar, associados às práticas em ambiente natureza.